Foto: CMA

A Delegação da Ordem dos Advogados, na cidade de Abrantes, passa a utilizar a totalidade das salas do edifício-sede cedido pela Câmara Municipal, na Rua D. João IV, garantindo melhor funcionamento do Gabinete de Consulta Jurídica, que ali existe desde 2002, e que inclusive presta apoio jurídico geral destinado a pessoas carenciadas.

A cedência da totalidade do edifício foi aprovada em sede de executivo municipal, com ratificação ratificou do despacho do presidente da Câmara que aprovou a adenda ao protocolo de colaboração, celebrado em 2002, entre o Município e a Delegação da Ordem dos Advogados, em Abrantes, referente à cedência de salas no edifício situado na Rua D. João IV.

“A adenda permite que a Delegação passe a ocupar todas as salas do referido edifício, por forma a garantir um melhor funcionamento dos serviços prestados, nomeadamente no Gabinete de Consulta Jurídica que existe em Abrantes desde 2002, disponibilizando orientação e conselho jurídico a todas as pessoas residentes ou a exercer a atividade profissional na Comarca de Abrantes”, releva a autarquia em comunicado.

Refira-se que a adenda ao protocolo foi assinada no dia 1 de julho pelo presidente da Câmara, Manuel Jorge Valamatos e pelo presidente da Delegação da Ordem dos Advogados, o advogado António Velez, durante a realização na Escola Dr. Manuel Fernandes da III Edição do ENA – Encontro Nacional do Sistema de Acesso ao Direito e aos Tribunais.

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.