Depois de empatar em Abrantes, o Samora Correia voltou às vitórias e continua a ser a única equipa sem derrotas no campeonato da 1ª divisão distrital. Foto: mediotejo.net

SPORT ABRANTES E BENFICA 1– GD SAMORA CORREIA 1

Campeonato Distrital 1ª Divisão AF Santarém | 9ª jornada – 13/11/2021

Estádio Municipal de Abrantes

Entrada em campo das três equipas

Tarde de alguma nebulosidade, mas a chuva a dar tréguas para o encontro em o Benfica de Abrantes e o Samora Correia, equipa que liderava o campeonato da 1ª distrital até esta jornada e que se apresenta como um sério candidato à subida de divisão.

Árbitros e capitães de equipa

Entrou bem a equipa da casa, a pressionar e a não deixar jogar o adversário e aos 13 minutos o guardião Antunes comete falta sobre Marchão e o árbitro da partida aponta para a marca de grande penalidade.

Barrocas, chamado para a conversão, atirou algo denunciado para o lado direito do guarda-redes e este adivinha o lado e defende. Gorou-se uma excelente oportunidade para a a equipa da casa se adiantar no marcador.

Guarda-redes do Samora Correia defende grande penalidade

A formação de Seninho dominava a partida, mas foi a equipa de Samora Correia a marcar, no primeiro lance em que chegou com perigo junto da baliza de Canais.

Jogo de muita entrega entre duas boas equipas

Decorriam 27 minutos de jogo quando, num ataque pela direita em que sai cruzamento ao segundo poste, Fabinho, solto de marcação, atira ao poste mais distante e faz o 0-1 para a equipa do Samora Correia.

Samora Correia abriu o marcador em Abrantes

Os abrantinos tentavam chegar ao golo do empate e, aos 34 minutos, Nogueira, de cabeça, após livre marcado do lado direito, obriga Antunes a uma boa intervenção.

Abrantes num ataque que o guarda-redes de Samora Correia amarra, com segurança

O golo da equipa da casa adivinhava-se e tal aconteceu aos 43 minutos. Canto do lado esquerdo da forma como atacava e Diogo Mateus de cabeça repõe a igualdade, com a bola ainda a tocar no defesa Lemos e a trair o seu guarda-redes.

O golo viria a repor alguma justiça no marcador ao intervalo, sendo que o Abrantes dominou por completo este período do jogo e merecia ir para os balneários com outro resultado.

Abrantes empata a partida à beira do intervalo

Para a segunda metade, a equipa de Seninho volta a entrar bem no jogo e aos 58 minutos construiu uma excelente oportunidade para se adiantar no marcador.

Através de um boa jogada de envolvimento atacante, surge um cruzamento para a entrada da pequena área com um avançado abrantino a cabecear mas com a bola a sair ligeiramente ao lado da baliza de Antunes.

Samora Correia enceta uma jogada de ataque

A meio da segunda parte registo para mais uma boa ocasião para a equipa da casa, através de mais uma bela jogada de ataque.

Um passe a rasgar apanha Marchão em boa posição e este, com um toque em habilidade, vê a bola passar muito perto do poste direito da baliza adversária.

Abrantes deu boa conta de si perante a equipa que liderava o campeonato

Apesar de bons lances de futebol, o jogo estava numa fase de algum confronto físico, mas natural em que ambas as equipas queriam ganhar, e com isso houve algumas paragens e a amostragem de alguns cartões, embora talvez exagerados. O jogo estava rijo e disputado mas dentro do espírito competitivo.

Árbitro usou da admoestação disciplinar para segurar um jogo disputado mas leal

Os cartões amarelos foram a forma do árbitro tentar segurar um jogo que os jogadores nem complicaram. Em resultado desta postura surgiram dois vermelhos diretos, um vermelho por acumulação de amarelos, e mais uma mão cheia de cartolinas amarelas, num jogo competitivo mas sem entradas maldosas.

Jogo de muita intensidade na disputa pela bola

Com 81 minutos de jogo, a equipa forasteira num ataque rápido lança a desmarcação de Diogo, este remata cruzado, obrigando Canais a uma defesa apertada. A partir daí estava escrita a história do jogo, com a divisão de pontos a assentar bem às duas equipas, embora ambas procurassem os três pontos em disputa.

Jogo entre duas boas equipas resultou num empate

O Abrantes e Benfica queria reencontrar-se com as boas exibições e subir na tabela, o que conseguiu, em parte, e o Samora Correia queria manter a invencibilidade e a liderança do campeonato. Continua invicto (é a única equipa sem derrotas) mas perdeu a liderança para o Fazendense, estando a um ponto do líder.

Abrantes e Benfica mostrou em campo que tem qualidade para subir na tabela classificativa

Em resumo, bom jogo de futebol em Abrantes, muito bem disputado e com bons lances de futebol, em que a equipa de Abrantes dominou toda a primeira parte e sofreu um golo no único lance de perigo da equipa de Samora Correia. Na segunda metade o jogo foi mais equilibrado e por isso o empate aceita-se.

Trabalho razoável da equipa de arbitragem, talvez exagerando na amostragem de cartões.

FICHA DE JOGO:

SPORT ABRANTES E BENFICA

Equipa do Abrantes e Benfica

Canais, Pedro Damas, Tony, Barrocas, Rui Sousa, Diogo Mateus, Giovane, Pedro Lourenço, Seninho, Marchão e Nogueira.

Suplentes: Miguel Ferreira, Parreira, Zé Pedro, Henrique, João Reis, Manel Vitor e João rui.

Treinador: Paulo Seninho

GD SAMORA CORREIA

Equipa do Samora Correia

Antunes, Zezinho, Coelho, Lemos, Isma, Ganhão, Carvalho, Penteado, Fabinho, David e Diogo.

Suplentes: Francisco, Bruninho, Quaresma, Luz, Catarino, Lucas e Ivo Nunes.

Treinador: Pedro Brandão

GOLOS: Fabinho e Lemos (AG).

EQUIPA DE ARBITRAGEM: Hugo Silva, Pedro Sousa e Rui Ferreira.

Equipa de arbitragem

DISCIPLINA: Cartão amarelo: Diogo Mateus, Barrocas, Canais, Pedro Damas, Rui Sousa, David, Isma, Ganhão, Carvalho e Fabinho.

Cartão Vermelho: Geovane, Rui Sousa e Fabinho.

No final ouvimos os treinadores de ambas as equipas:

Paulo Seninho, treinador do Abrantes e Benfica

ÁUDIO | PAULO SENINHO, TREINADOR DO ABRANTES E BENFICA:

Pedro Brandão, treinador do Samora Correia

ÁUDIO | PEDRO BRANDÃO, TREINADOR DO SAMORA CORREIA:

Luis Ribeiro

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *