Edifício do Bloco de Representações, no Flecheiro, vai ser demolido depois de adquirido pela Câmara Municipal de Tomar. Foto: DR

O executivo municipal aprovou em reunião de executivo a minuta do contrato-promessa de compra e venda a celebrar com a massa insolvente da antiga empresa Bloco de Representações, S.A. para aquisição de edifício pelo valor de 85 mil euros. Segundo Anabela Freitas, presidente da Câmara Municipal, o objetivo é a demolição do prédio.

Em causa está a aquisição do prédio urbano, composto por edifício de rés do chão e primeiro andar destinado a armazéns e atividade industrial no Flecheiro, perto da entrada na cidade, que se encontra em estado de degradação e, por isso, a autarquia avançar com a demolição.

Após questões levantadas pelos vereadores do PSD, a autarca socialista Anabela Freitas mencionou que a minuta do contrato foi validada pela advogada síndica do Município de Tomar, tendo o processo sido desenvolvido entre a própria e a massa insolvente da empresa.

A empresa Bloco de Representações entrou em processo de insolvência em outubro de 2011.

Joana Rita Santos

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.